Follow by Email

quinta-feira, 6 de dezembro de 2012

Série Minitologia - Quimera



Significados: devaneio, fantasia, ficção e imaginação. Capaz de respirar fogo, era parte bode e parte leão, com cauda de cobra. Era filha dos monstros Tífon e Equidna. A Quimera era tratada como um espantoso animal de estimação pelo rei da Cária, mas escapou e instalou-se numa montanha da Lícia. Lá, aterrorizava a região até que o rei Iobates da Lícia ordenou a Belerofonte (herói que domou o cavalo alado Pégaso) que matasse a criatura.


Essas fotos mostram um outro modelo da figura mitológica Quimera.



Nenhum comentário:

Postar um comentário